Família Extensa

A Futura Família do Meu Filho



Existem vários nomes para esse grupo de pessoas:

Família Extensa

Família Socioafetiva

Rede de Amigos

Rede de Apoio


Na prática eles são um só.

Compostos pelos indivíduos que darão suporte aos recém Pais/Mães, esse grupo tem um papel muito importante em todas as fases do processo de adoção.

Os futuros pais devem levar em consideração que no processo de habilitação este grupo também deve estar ciente que um nova família surgirá e eles serão necessários.


Quem são essas pessoas?

  • Pais e Mães, que se tornarão avós.

  • Filhos e filhas, que ser tornarão irmãos

  • Primos e Primas

  • Tios e Tias

  • Irmãos e Irmãs

  • Amigos e Amigas

  • Colegas de Trabalho

  • Vizinhos


Como essas pessoas podem ajudar?

Ofertando:

  • Apoio emocional

  • Apoio Social


O Papel dos GAA's na Adoção (propriamente dito)

Como o próprio nome diz os GAA's, ou Grupos de Apoio à Adoção, têm um papel importante na Adoção. Os GAA's são buscados e indicados, em sua maioria, apenas durante o processo de Habilitação. Hoje até alguns juízes exigem que um numero X de reuniões sejam assistidas, sendo elas obrigatórias para que os pretendentes obtenham a Habilitação à Adoção. Tamanha sua importância no processo. Até no ECA os GAA's estão sinalizados.


As famílias que pretendem adotar costumam frequentar um número X de reuniões e logo depois somem. Como se os GAA's apenas fossem necessários para o processo Habilitação.

E na prática não é por aí.

Os GAA's são grupos de apoio à ADOÇÃO. e não grupos de apoio à HABILITAÇÃO.

Claro que os trabalhos desenvolvidos pelos esses grupos, espalhados por todo o Brasil, tem uma grande importância no processo de Habilitação e graças a eles as famílias que entram no processo de habilitação cruas encontram orientações valiosas, a ponto de clarear e aquecer o caminho, muitas vezes escuro e frio, onde muitos conseguem encontrar um norte, nem mesmo no ECA, quando o assunto é a Adoção.


Os GAA's não podem ser esquecidos no período em que essas famílias mais necessitam:

O período da chegada da criança, nos primeiros meses e até nos primeiros anos.


Os chamados "Pós-Adoção".







Justamente quando as famílias são formadas, elas não buscam apoio onde podem obter.

É através das palestras com profissionais e das trocas de experiencias vividas pelas famílias que já adotaram, que as novas famílias, formadas pela adoção, irão encontrar o apoio que necessitam para a grande e tão sonhada mudança do seu mundo, pois a partir da chegada da criança a prioridade dos pais será unica e exclusivamente os filhos.


Graças aos trabalhos realizados pelos GAA's, nos projetos de Pós-Adoção, as devoluções são contornadas e as famílias fortalecidas.

E saibam que o acompanhamento e aconselhamento é um processo que somente os GAA's prestam à sociedade. Isso quando são procurados pelas recém famílias.




Convido todos a participar de nosso encontro virtual que abordará justamente este tema:

"Família Extensa e Rede de Apoio"



Convide seus familiares, amigos, colegas de trabalho.

Lembrem-se:


"Informação nunca é demais. Se todos os que receberão seu filho estiverem preparados e munidos de informação e conhecimento para recebe-lo

De Braços Abertos,

o Amor dado a ele será multiplicado e com certeza seu filho se sentirá

muito mais Amado."


Um forte abraço, criaturas queridas e até o próximo.


(por Josemar Rodrigues)





63 visualizações

Grupo de Apoio à Adoção De Braços Abertos

 

Nossos contatos:

(21) 97190-0273

adocao@gaadba.com.br

Encontros todo 1º Sábado do mês*

Rua André Rocha 838, Taquara (Auditório da Universidade Estácio de Sá - campus R9), Rio de Janeiro, RJ. Brasil.

©GAA DBA 2020

Desenvolvido por Felipe Mendonça